WhatsApp Image 2022 11 07 at 15.10.37

Entre os dias 03 e 5/11 foi sediado em Florianópolis, no Hotel Majestic, um workshop internacional sobre transição energética, organizado pela SCGás, com apoio da International Gas Union (IGU) e da Associação Brasileira das Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). O evento, que contou com especialistas do Brasil e diversos países, teve a participação da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina-Aresc, em um de seus debates.

O difícil cenário internacional do momento, que elevou o preço do gás natural em função da guerra na Ucrânia, foi um dos temas do evento. A programação incluiu também palestra que vai posicionar o gás natural como combustível de transição e como conduzir a descarbonização de forma justa e segura, uso do biometano e hidrogênio como alternativas de combustíveis limpos.

“O gás natural pode funcionar como combustível intermediário ou de transição mesmo sendo de origem fóssil, mas com menor emissão de CO2 em comparação a outros combustíveis fósseis, o que pode ajudar na transição ou transformação energética para evolução da economia de baixo carbono”, acrescenta o Diretor de Energia, Gás e Recursos Minerais da Aresc, Silvio Rosa.

Contribuindo com a discussão acerca dos temas, o Diretor da Agência de Regulação levou ao encontro como troca de experiência, os trabalhos executados pela autarquia no segmento de gás, entre eles; a elaboração de resoluções referentes à atualização e recuperação do preço do gás natural, autorização para projetos estruturantes para a prestação dos serviços de distribuição do insumo por redes locais de distribuição, e entre outros.

Ainda em seu discurso Silvio destacou que a Aresc, dentro de seu planejamento estratégico, vem continuamente revisando seu estoque regulatório em todas as suas áreas de atuação. “Na área do gás natural estas revisões e atualizações possibilitam o incentivo para novos investimentos entre os atores envolvidos nas atividades desse segmento em SC, ou seja, no mercado cativo, na distribuição, comercialização e mercado livre com equilíbrio para todos os interessados”, acrescenta.

Considerada a maior associação mundial de empresas de gás natural, a Internacional Gas Union (IGU) conta com 150 associados nos cinco continentes, que respondem por 90% do mercado internacional de gás natural. A função principal da entidade é posicionar o gás como parte de um sistema de energias sustentáveis.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: ARESC | Acesso restrito